9 de jan de 2008

RESPOSTA










RESPOSTA


Onde a saída?
no breu da calçada;
divina esperança,
pássaro trucidado;
inspirado desejo,
jogado no abismo;
brancas nuvens,
prematuras dores
infinito amor,
em ácido queimado;
borboletas coloridas,
incêndio na mata;
você e eu?
responda...

Ana Wagner

2 comentários:

Gauss disse...

Bela poesia. As respostas? Somente um coração amante para responder sem titubear,...
Enviado por Gauss em 06/01/2008 20:57
para o texto: RESPOSTA

Fátima disse...

No nosso coração sempre sabemos a resposta não é,bela poesia,abraços
Enviado por Fátima Weckwerth em 06/01/2008 20:53
para o texto: RESPOSTA

Ao anônimo leitor!

Gostaria de fazer
um agradecimento
aos inúmeros leitores
anônimos que me visitam
diariamente. São pessoas
de lugares distantes ou
próximos que passam
por aqui diariamente.
Obrigada anônimo leitor!

Tempo