14 de abr de 2009

ESQUINA DA DESPEDIDA














ESQUINA DA DESPEDIDA
Roda, roda,
Anel de ágata.
Plenilúnio!
Brisa desenha
Folhas na lua,
Roda, roda
Misteriosa nova vida,
Ônix olhos, brilho prata
Carmim vestido,
Febre arde na pele.
Roçam dedos suaves,
Respingos de mar.
Roda saia branca renda,
Sonho mil cores.
Branca esquina da despedida!


Ana Wagner
***
Salvador/2009

Ao anônimo leitor!

Gostaria de fazer
um agradecimento
aos inúmeros leitores
anônimos que me visitam
diariamente. São pessoas
de lugares distantes ou
próximos que passam
por aqui diariamente.
Obrigada anônimo leitor!

Tempo