28 de nov de 2009

OLHAR

OLHAR
 Meigo brilho no olhar
 sóis de aurora 
azuis de mar 
cinza neblina
 mel de florada
 meiguice encantada 
leve dor poeta
 revela a busca 
da musa certa


 Ana Wagner

8 de nov de 2009

TEUS LÁBIOS, ESTRANHO!



Teus lábios, estranho!

Teus lábios, doce mel!
Tuas mãos,macias e quentes
percorrem meu corpo
como nunca houve antes!
Me tornas mulher
sem juízo qualquer.
Me vira a cabeça,
em viagens agrestes.
Me faz parecer
selvagem, atrevida...
Mudei tua vida
assim tão regrada..,
Mundo renovado
que fiz balançar,
sem idéia ou intento.
Teus lábios, estranho,
revelam meus dias,
pois tudo conspira,
sou pura alegria!

Ana Wagner

***

Ao anônimo leitor!

Gostaria de fazer
um agradecimento
aos inúmeros leitores
anônimos que me visitam
diariamente. São pessoas
de lugares distantes ou
próximos que passam
por aqui diariamente.
Obrigada anônimo leitor!

Tempo