26 de nov de 2008



25 de nov de 2008

AZUIS DE MIM

24 de nov de 2008

RECEIOS












Receios

ânsias
assumem
receios
alvura do pecado

relâmpagos
rendados
lençóis de adeus
acenam
sobre o abismo

noite amiga,
em teu regaço
botões virgens ,
magoados
torvelinhos...

Ana Wagner

***

19 de nov de 2008

ÚLTIMO SOL










ÚLTIMO SOL

Com o último sol
que permitir nascer
de teu petrificado coração,
quero um beijo
que seja ardente
como uma vela para Deus!

Ana Wagner

18 de nov de 2008

AURORA











***

Aurora

Beber teu sorriso
de uma só vez
tua alma, tão alva!
assim acontece
o nascer de meu sol...

Ana Wagner


***

4 de nov de 2008

PROCELA













PROCELA


O sonho amarrou o barco
quando o coração parou,
preso ao passado horizonte,
em ninho e plumas tecido,
em ferro e grade se tornou.

Como saber a diferença?
Soltar amarras!
Deixar o rumo ao timoreiro!

Ana Wagner

2 de nov de 2008

MOMENTO TRISTE


















MOMENTO TRISTE

Para essa tristeza que é minha pena
a alegria suspende a respiração
e eu me sinto longe,tão pequena.

À Deus invoco, porém não peço nada,
apenas repartir o mundo
compartilhar com todos o Universo...


Por todo o mal e às vezes por todo o bem
Por que o mundo sonhado não é o mesmo
que este mundo de tristezas que me vêm?


Meu pesadelo é sempre o otimismo
durmo fraca, sonho que sou forte
porém o futuro aguarda: é um abismo!



Ana Wagner
***

Ao anônimo leitor!

Gostaria de fazer
um agradecimento
aos inúmeros leitores
anônimos que me visitam
diariamente. São pessoas
de lugares distantes ou
próximos que passam
por aqui diariamente.
Obrigada anônimo leitor!

Tempo