13 de jun de 2008

NOITE DE AMOR








NOITE DE AMOR!


Cheiro de estrelas
ondas, janelas
cravo e canela
olhar dormido
lírios florindo
restos de orvalho
pétalas de ilusões
sussurrar de amor
doce e terna
maciez da pele
renasce a luz
abro os olhos
e tudo se repete...

Ana Wagner

8 comentários:

Roberto disse...

Parabéns !
Enviado por Roberto Passos do Amaral Pereira em 11/06/2008 20:02
para o texto: Noite de amor (T1029809)

Catarino disse...

Catarino:
Uma noite de amor nunca termina..rsrs..

GOSTEI.. FELIZ TARDE P/ TI ANA.. BJS.

Luna disse...

ღ£unลღ:
Lindo poema Aninha!!!!!
beijos

Leni disse...

Leni Martins****:
Lindooooo Poema amiga( Noite de amor)
vc é delicada nos poemas....isto me agrada.
apesar deu escrever góticos e tristes....não sei falar de amor...só as vezes...parabénsssssssssss linda vc merece...poetinha.
beijuussss mil adoruuuu tuuu

Antônio Carlos disse...

Antônio Carlos:
lindo teu poema. obrigado p compartilhar... bj e boa semana...

Edson disse...

Edson Filho:
Minha linda poétisa pictográfica, que imagem lindíssima esta do teu poema:
"...olhar dormido
lírios florindo
restos de orvalho
pétalas de ilusões
sussurrar de amor..."
Edson Filho:
Adorei, amei mesmo...Você é uma Mestra com as palavras, poema é mágico, porque deu para sentir o cheiro dos orvalhos, da canela, do cravo, escutei até o som sussurante do amor, até um mácio toque na pele, daqui, num única leitura do teu belíssimo poema! Ótima noite, domingo ainda mais inspirado e uma semana florida! Bjos, amiga Aninha!

goreti disse...

Maria Goreti:
Lindo, Aninha!
Boa noite, tudo de bom, domingo de luz!
Beijos

Luna disse...

ღ£unลღ:
è show Aninha, é show!!!!
adorei!!!!
beijinhos poeta maravilhosa!!!

Ao anônimo leitor!

Gostaria de fazer
um agradecimento
aos inúmeros leitores
anônimos que me visitam
diariamente. São pessoas
de lugares distantes ou
próximos que passam
por aqui diariamente.
Obrigada anônimo leitor!

Tempo