8 de jun de 2008

ÚLTIMO VÔO











Último Vôo


Voa passarinho, voa
ao teu rumo distante!
A gaiola não mais te pertence
nunca foi tua, nunca!
Segue buscando
o encanto da lua
jogando nos livros
misteriosas musas
Te vi, te senti,
chorei e sorri
Te amei com ardor
É hora de partir,
em teu vôo final.
É tempo de inverno,
de buscar o calor.
Voa pra onde quiseres...
Leva contigo meu último amor...

Ana Wagner

4 comentários:

criss disse...

Adorei,Ana...É na liberdade que damos ao ser amado que demonstramos a extensão do nosso amor.Abraços.
Enviado por Criss em 08/06/2008 15:56
para o texto: ÚLTIMO VÔO (T1025157)

donna disse...

DONNA .:
Lindo demais, Aninha!
Adorei !
Beijos

oswaldo antônio begiato disse...

Oswaldo Antônio:
aninha, o último vôo é um jeito feliz e abnegado de dar liberdade não só ao passarinho, como também à gaiola.
é muito bonito.
obrigado..
mesmo..
bjos.w

mario rezende disse...

Lindas as tuas poesias. Quando puder leia andorinha de minha autoria. Algo a ver com o teu último vôo. Mario Rezende
Enviado por Mario Rezende em 13/08/2008 19:23
para o texto: ÚLTIMO VÔO

Ao anônimo leitor!

Gostaria de fazer
um agradecimento
aos inúmeros leitores
anônimos que me visitam
diariamente. São pessoas
de lugares distantes ou
próximos que passam
por aqui diariamente.
Obrigada anônimo leitor!

Tempo