14 de jun de 2008

DIÁRIO












DIÁRIO

Amanhece...


Cobriu-me um clarão
rompendo quimeras,
injusta verdade
derretendo neve
em ansiosa alma ,
na possível sanidade,
no nada que me pertence.

Fiz castelos de casebres,
românticos filmes,
de rota fotografia.

Em teus lábios deslizei
a alma buscando
a divina palavra
que jamais ouvirei.

Agora tudo que farei
é dançar conforme a música...

Ana Wagner

6 comentários:

O mar me encanta completamente... disse...

Que lindo Aninha, seu cantinho é aconchegante.
Seu poetar lindo.
Bjos

criss disse...

lindo, parabéns, obrigada pela visita...
Enviado por Criss em 13/06/2008 15:24
para o texto: DIÁRIO (T1030098)

Oswaldo Antônio Begiato disse...

olha só as borboletas dançando simetricamente entre as flores...

olha só as palavras dançando simetricamente entre os sentidos..

parabéns.
oswaldo antônio

Dona disse...

Aninha que maravilha...seus poemas são perfeitos , admiro e adoro a grande poeta que e você !
Beijos

lilian disse...

Lilian:
estou encantada com seus poemas... q dom maravilhoso, parabéns! e o drama... esse é parte interessada da poesia já q lhe dá forma. Bem, assim penso eu, a própria drama queen kkkkkkk
boa noite qrda! bjk

arnaldo motta disse...

bom,falar de ana é dificil,mas deixo aqui umas palavras;tervc na minha vida é algo especial,além de admirar sua alma,seus poemas,esse é lindo,como tantos outros.
algo fascinante,suas palavras leves,soltas,se fundem e dão vazão a sentimentos verdadeiros,escancarados no papel.Lindo!!!

Ao anônimo leitor!

Gostaria de fazer
um agradecimento
aos inúmeros leitores
anônimos que me visitam
diariamente. São pessoas
de lugares distantes ou
próximos que passam
por aqui diariamente.
Obrigada anônimo leitor!

Tempo