1 de mai de 2008

ANJO-LUZ










ANJO-LUZ

Meu amor gosta de chuva;
estende-se ao azul da água
transforma-se em arco-iris
enche as mãos de rosas
dos melhores bálsamos
para ofertar.

Quando triste
uma cascata cristalina
desce dos céus para banhá-lo
em finos fios de prata,
anjos tomam-lhe nos braços
e o trazem, um ser de luz
extasiado pela vida
nos mínimos milagres
da natureza...

Ana wagner

8 comentários:

AC disse...

Sensívelmente poético, parabéns!
Enviado por AC de Paula em 29/04/2008 15:03
para o texto: ANJO-LUZ (T966454)

silvia disse...

alo ana ************* como vai? *** poema bem expressivo. ********** Um beijo azul
Enviado por Silvia Regina Costa Lima em 29/04/2008 00:08
para o texto: ANJO-LUZ (T966454)

sentimental disse...

Linda, tão graciosa. O amor regado de bençãos e carinhos, só pode dar coisa boa mesmo. Como esse seu texto! Um beijo poético, Muita Luz!
Enviado por Sentimental Animal em 28/04/2008 23:33
para o texto: ANJO-LUZ (T966454)

clara disse...

Olá minha querida poetisa. Um poema repleto de vibrações angelicais. Parabéns, com certeza, até os anjos aplaudiram. Beijos amiga
Enviado por Clara Strapazzon em 09/05/2008 10:27
para o texto: ANJO-LUZ

sdelice disse...

Aninha querida!
Que bela poesia!!! Cada dia mais brilhates
de alegrias e iluminada de amor... Que Deus
continúe de inspirando cada vez mais, com
essa arte maravilhosa de escrever em verso!.
Esses gatinhos são uns fôfos, lindos..... Bjs

lenise disse...

Lindo de morrer teu poema Aninha!!
E a formatação em rosa ficou super delicada e feminina!!
Uma ótima tarde!
Beijosssssssssss!

roberta disse...

***Roberta***:
Belííííííííííííííííííííííííííííííííssimo o seu poema, Aninha!
Bom demais tê-la em minha página novamente!
Um beijo, uma noite de paz!

Antônio disse...

Antônio Carlos:
Obrigado pela presença... bjs... Adorei o que vc me enviou...

Ao anônimo leitor!

Gostaria de fazer
um agradecimento
aos inúmeros leitores
anônimos que me visitam
diariamente. São pessoas
de lugares distantes ou
próximos que passam
por aqui diariamente.
Obrigada anônimo leitor!

Tempo