2 de mai de 2008

REFÚGIO












REFÚGIO


Demito
a ilusão inútil
voa pensamento
a esmo
esperançando
refúgio
cidade
drama
e pranto
reflexos
de espelhos
rasgam
meus versos...

Ana Wagner

6 comentários:

marquinhos e júlio disse...

Bela poesia...muito legal...abçs..julio sergio
Enviado por Marquinhos e Júlio Sérgio em 28/04/2008 22:10
para o texto: REFÚGIO (T966324)

benilton disse...

POSSO DIZER QUE É UM TEXTO PERFEITO. VISITE MEUS POEMAS
Enviado por benilton coelho em 28/04/2008 22:18
para o texto: REFÚGIO (

gildênio disse...

"...Reflexos de Espelhos, malditos são quando nos distorcem, naquilo que não somo, ou não queremos...Linda poetiza...Abraço!"
Enviado por Gildênio Fernandes de Assis em 28/04/2008 22:03
para o texto: REFÚGIO (T966324)

silvia disse...

alo poeta ************ Como vai?******Poema expressivo e bom de se ler...********** Um beijo azul
Enviado por Silvia Regina Costa Lima em 28/04/2008 21:56
para o texto: REFÚGIO (T966324)

naná disse...

Belo trabalho, parabéns!
Enviado por Naná em 28/04/2008 21:54
para o texto: REFÚGIO (T966324)

pcsolotto disse...

Whoever owns this blog, I would like to say that he has a great idea of choosing a topic.

Ao anônimo leitor!

Gostaria de fazer
um agradecimento
aos inúmeros leitores
anônimos que me visitam
diariamente. São pessoas
de lugares distantes ou
próximos que passam
por aqui diariamente.
Obrigada anônimo leitor!

Tempo