24 de nov de 2008

RECEIOS












Receios

ânsias
assumem
receios
alvura do pecado

relâmpagos
rendados
lençóis de adeus
acenam
sobre o abismo

noite amiga,
em teu regaço
botões virgens ,
magoados
torvelinhos...

Ana Wagner

***

6 comentários:

NUNO LAGO disse...

Ana, por que a tua Poesia sabe a Poesia? Bela. Beijos. Nuno
Enviado por Nuno Lago em 22/11/2008 16:07
para o texto: RECEIOS (T1294850)

Oswaldo Antônio Begiato disse...

Oswaldo Antônio:
belíssima Receios...
parabéns...
obrigado..bjos.w

MARTA PERES disse...

Marta Peres:
Aninha,
Receios, é lindo!
Parabéns!

NINA disse...

»-(¯`v´¯)-» Nιηα:
Amei Aninha os poemas!!
Obrigada manda sempre em!
rsrs

GRACIELA disse...

LINK:
lindo...Ana....

ROBERTO disse...

roberto:
Aninha, maravilhoso esse poema.
tal qual a autora.

Ao anônimo leitor!

Gostaria de fazer
um agradecimento
aos inúmeros leitores
anônimos que me visitam
diariamente. São pessoas
de lugares distantes ou
próximos que passam
por aqui diariamente.
Obrigada anônimo leitor!

Tempo