4 de dez de 2008

CORAÇÃO!

















Coração!


És tu esse pedaço
febril e apressado
que bate descompassado,
em nosso peito?

Ou és tu
essa magia do mundo
este mistério insondável
muitas vezes
indominável?

Ana Wagner

6 comentários:

Enise disse...

Que lindo Aninha!!!!!!...
E quem domina o coração?...
Talvez exista um tempo em que ele seja dominado...outras explorado...outras ocupado...outras ..outras...outras tantas situações ou perguntas que jamais ele consiga entender ou responder...
Lindo teu poema...amei como tudo que vc escreve...
um beijo neste teu coraçãozinho que é lindo demais...
E.

Oswaldo Antônio Begiato disse...

Oswaldo Antônio:
bela poesia, bela poesia...w

Cecilia disse...

Cecilia:
Poema maravilhosos Aninha!
Beijos querida.

Nadir D`Onófrio disse...

*Nad*:
Ahh poetisa esse coração é tudo isso que descreveste em versos e muito mais rsrsr
bjsss

Erode disse...

Ah! Esse coração indomável... Bate por conta própria...rsrr.. (Ainda bem.. pois se descuidássemos.. pararia..) Abraços.
Enviado por Erode Lino Leite em 12/11/2008 10:55
para o texto: CORAÇÃO (T1273960

Oswaldo Antônio Begiato disse...

Oswaldo Antônio:
gosto quando você escreve desse jeito..
um jeito diferente daquele que costuma escrever...

parabéns..
obrigado.....bjos.w

Ao anônimo leitor!

Gostaria de fazer
um agradecimento
aos inúmeros leitores
anônimos que me visitam
diariamente. São pessoas
de lugares distantes ou
próximos que passam
por aqui diariamente.
Obrigada anônimo leitor!

Tempo