21 de ago de 2008

PÔR-DO-SOL









PÔR-DO-SOL


O entardecer chora
lágrimas de fogo e bruma
pássaros voltam aos ninhos
cinza de doloridas nuvens
pôr-do sol de uma vida
noite vindo rápida e fria
solidão rondando...

Ana Wagner

9 comentários:

Silvia disse...

alo aninha *****como vai?*********** Usando, com sensibilidade, a natureza, traçou um triste e real retrato da dor e solidão. ********* Um beijo azul com saudades
Enviado por Silvia Regina Costa Lima em 21/08/2008 18:26
para o texto: PÔR-DO-SOL (T1139489)

henricabilio disse...

Na madrugada toda a Vida se renova... Um abraçooo luso!
Enviado por HENRICABILIO em 21/08/2008 18:31
para o texto: PÔR-DO-SOL (T1139489)

dy disse...

Uma letra poética irretocável.Parabéns.Ótima noite, beijo, Dy
Enviado por Dylugon em 21/08/2008 19:36
para o texto: PÔR-DO-SOL (T1139489)

mario disse...

Esplêndido, Ana, exemplo vivo de inspiração. Parabéns, beijo, Mario.
Enviado por Mario Roberto Guimarães em 21/08/2008 23:47
para o texto: PÔR-DO-SOL (T1139489

kedma disse...

KEDMA O'LIVER:
Lindo por do sol Aninha.
bjs e boa noite

marta peres disse...

Marta Peres:
Lindo o seu poemeto!
Bjos.

Clara disse...

Clara.¸•*•.¸♥¸.•:
Olá Aninha, minha amiga querida!

Tudo bem com você?
Muito obrigada pelo carinho
de suas lindas Poesias.

Carol disse...

☜♡só umpoema♡☜:
sempre achei o pôr-do-sol um fenômeno inspirador, literal ou poeticamente falando! Lindo o teu!
beijo

Oswaldo Antônio Begiato disse...

Oswaldo Antônio:
sempre muito bonitas suas poesias....pôr-do-sol não é diferente...

23 de Outubro de 2008 19:32

Ao anônimo leitor!

Gostaria de fazer
um agradecimento
aos inúmeros leitores
anônimos que me visitam
diariamente. São pessoas
de lugares distantes ou
próximos que passam
por aqui diariamente.
Obrigada anônimo leitor!

Tempo